Representantes da EPT e da Secretaria de Economia Solidária discutem projetos da autarquia - Foto: Divulgação

EPT Maricá terá setor de logística

Conhecida em todo o Brasil pela iniciativa dos ônibus ‘Tarifa Zero’ em Maricá, a Empresa Pública de Transportes (EPT) terá uma nova atribuição até o fim deste ano. Uma reunião ocorrida nesta quarta-feira (05/04) na sede da autarquia municipal começou a traçar as diretrizes para a atuação no setor de cargas, voltado principalmente para pequenos produtores e cooperativas. Participaram do encontro o presidente da EPT, Fabiano Filho, e o secretário de Economia Solidária, André Braga, além do diretor de Planejamento e Tecnologia da autarquia, Amílcar Júnior, e do coordenador operacional, Igor Corrêa.

De acordo com Fabiano, a área de logística da EPT terá o intuito de ampliar o conceito de transporte dentro da empresa. “O Vermelhinho é o nosso principal produto, mas não é o único. Sabemos que 30% da produção rural brasileira se perde durante o transporte, seja por más condições ou pela demora. Queremos preencher essa lacuna em Maricá e oferecer ao agricultor local qualidade e agilidade no escoamento de sua produção”, apontou o presidente da EPT, afirmando que a autarquia poderá adquirir ou agregar caminhões, o que ainda será definido.

André Braga classificou a iniciativa como o pilar de um projeto que pode transformar Maricá na capital do cooperativismo, pois o fomento aos pequenos produtores vai viabilizar e acelerar a criação de uma cooperativa de consumo na cidade. “É um projeto que vem como resposta a uma deficiência no setor de logística que é nacional, não apenas em nossa cidade. A atribuição da Economia Solidária neste projeto será condicionar o apoio logístico ao incremento da atividade”, pontuou o secretário.

Segundo o diretor de Planejamento e Tecnologia da EPT, o novo setor de logística pode ainda prestar consultoria aos agricultores até para exportar seus produtos. “Tudo que é produzido em Maricá terá esse apoio logístico de nossa empresa para chegar a diferente lugares do Brasil e também do mundo”, garantiu Amílcar Júnior.